A PESQUISA QUE VALE É O VOTO NA URNA!

Falta 1 dia para a culminância da grande festa da democracia no Brasil, apenas com o apertar de dedos – dígitos – a gestão do poder executivo municipal, bem como do poder legislativo serão escolhidos nos diversos municípios da nação. Amigos, isso é DEMOCRACIA, cenário garantido por anos de lutas, debates, reformas (…) então, nada mais justo do que dar o devido valor ao instrumento mais importante que foi garantido por nossos antecessores, o VOTO!

Neste momento, em pleno século XXI, em meio ao advento das tecnologias, redução de barreiras em nível de comunicação instantânea e acessível, pode-se VERIFICAR MAIS DE PERTO A ATUAÇÃO DOS GESTORES MUNICIPAIS E DOS VEREADORES de cada cidade. Há um vislumbre de esperança que o VOTO seja avaliado a partir da ANÁLISE das PROPOSTAS DOS NOVOS CANDIDATOS aos cargos públicos, em especial, na ANÁLISE DAQUELES QUE JÁ O OCUPAM A TEMPOS – políticos de carreiras – assim, tem-se no palco uma peça que conta a estória de um AMOR PLATÔNICO entre o POVO e CANDIDATOS AOS CARGOS PÚBLICOS que, realmente representem os interesses da população. Ainda neste novo século, políticos de carreira, deitam e rolam em cima desta região aproveitam-se do triste cenário de BAIXOS ÍNDICES DE DESENVOLVIMENTO HUMANO (IDH), ALTOS ÍNDICES DE ANALFABETISMO E EVASÃO ESCOLAR. Esse cenário mitiga-se nas cidades do arquipélago marajoara, mas fica a pergunta, o que pode ser feito para resolver tal cenário? “É pano pra manga” contudo, existe um instrumento supracitado de tal importância neste contexto, instrumento de pleno exercício da cidadania e democracia, daquilo que emana do povo, o VOTO!

Espera-se que, a partir desta peça que se tem o POVO e CANDIDATOS DIGNOS que busquem realmente o bem do seu povo, há um caminho a ser percorrido e principalmente ANÁLISADO!

Essa ANÁLISE dos diversos candidatos têm que ser realizada em meio diversos pontos, seu perfil ético e moral, em especial suas PROPOSTAS e GARANTIAS DE CONTROLE SOCIAL, a fim de que, o povo tenha cada vez mais tomada de decisão e fiscalização de um governo, seja no poder executivo ou no legislativo. Que o prefeito realmente gerencie o recurso público para o público e, os vereadores fiscalizem o prefeito, e não sejam amiguinhos do prefeito, num cenário pior, sejam cumplices em grandes esquemas, pois, o vereador é o principal fiscalizador do poder executivo e represente dos interesses do povo. Que essas tristes notícias que mancham a imagem desta região, seja os casos deflagrados do “líder do governo” nos jornais do Estado ou Nacional, professores vereadores votando contra sua a categoria, retiradas de direitos (…) não se repitam! Mas irmão, quem tem o poder de mudar este cenário é você, o POVO, por meio do VOTO.

Fecha-se esta peça com aspecto peculiar desta região, a DEMONSTRAÇÃO DE FORÇAS POLÍTICA PARTIDÁRIA POR GRANDES CARREATAS. Aqui não se trata dos comícios ou caminhadas, pois, são instrumentos de levar realmente as propostas dos candidatos aos cargos públicos mais próxima da população. Contudo irmão, mais uma vez pedindo que os leitores realizem um exercício mental, uma análise dos diversos candidatos, AS GRANDES CARRETAS REPRESENTAM DE ALGUM FORMA OS INTERESSES DA POPULAÇÃO? Mas a quem vós escreve pede para analisarem não o PRODUTO, mas o PROCESSO, o prenúncio de uma gestão é dada as claras na campanha, o candidato que, aposta em demonstrar força por meio de GRANDES CARREATAS, gastando grande quantidade de dinheiro para comprar e distribuir GASOLINA, VALE DE COMPRA e BEBIDA ALCOÓLICA já deixam claro a real intenção da sua relação com o POVO na compra do mesmo, mas neste caso, na compra do seu voto, assim irmão neste processo você não se torna vítima, mas sim cumplice.

Em nosso território o termômetro das intenções de voto é dado pela quantidade de pessoas que um determinado candidato consegue levar as ruas em suas MEGA CARREATAS, mas faço a pergunta curta e grossa, SERÁ? Apenas você cidadão, eleitor, jovem, idoso, pai ou mãe de família podem mudar este cenário, que se inicia e renova-se de 4 em 4 anos, nesta grande festa da democracia que estar por vir no dia 15 de novembro, então, não seja cumplice, não venda seu voto, não meça um candidato pela carreata, mas sim por seu perfil ético e moral, em especial, por suas propostas que realmente visem o bem de seu povo! Afinal, para tirar o sono dos candidatos mal-intencionados, a pesquisa que vale é o voto na urna!

Comentários do Facebook
error: O conteúdo está protegido!
× Como posso te ajudar?